quarta-feira, 28 de abril de 2010

Ácido fólico


A partir do momento em que um casal decide ter um bebê, muitas coisas em sua rotina se modificarão. E a futura gestante deve se preocupar em adotar hábitos de vida saudáveis o quanto antes.

A ingestão de ácido fólico, especialmente, deve iniciar antes mesmo da mulher engravidar. O ácido fólico é uma vitamina do complexo B e pode ser encontrada em alimentos, tais como: espinafre, aspargo, brócolis, vegetais de folha escura, fígado, frutas cítricas e gema de ovo.

Estudos comprovam que a ingestão mínima necessária do ácido fólico (0,4 miligramas/dia) auxilia na formação do tubo neural* do feto, processo que é mais intenso no primeiro trimestre da gestação. O ácido fólico também pode previnir algumas alterações cardíacas, do trato urinário e fissura lábio-palatina.

Com a correria da vida moderna, é comum a mulher não conseguir ingerir a quantidade indicada de ácido fólico somente atrvés de uma alimentação saudável. Por isso, a maioria dos médicos indica a ingestão de suplemento alimentar (como o "Folin", por exemplo). Quando a gravidez é planejada, sugere-se que a ingestão de tal suplemento se inicie três meses antes da concepção e siga até três meses depois da concepção. Porém, é sempre importante que cada mulher procure a orientação médica mais adequada ao seu caso.



* o tubo neural é o sistema nervoso primitivo do feto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário