quinta-feira, 17 de junho de 2010

Consulta com a GO...


Nossa! Nunca pensei em ficar tanto tempo sem postar, mas o tempo tem voado! Além disso, com o ritmo de trabalho (voltando a ativa à mil!!!) e o sono e o cansaço como companheiros, acho que tenho boas justificativas para o sumiço, né?
Bom, amanhã eu completo 10 semanas e inicio a 11ª. Agora, com o final do 1º trimestre se aproximando a o fantasma de uma interrupção indo embora, sinto-me mais tranquila para curtir a gestação.
Ontem tive nova consulta com a médica que está me acompanhando. A consulta foi muito importante para esclarecer vários pontos, já que anteriormente o nosso foco era a preocupação com a manutenção da gestação.
Mas ontem, falamos sobre vários outros aspectos. A conversa foi muito elucidativa, mas também me deixou preocupada e estou à um passo de tomar uma decisão importante...
Bom, mas vamos às orientações e constatações da médica:

Exames de sangue e urina: A médica solicitou novos exames, já que a última vez que fizemos esses exames foi em janeiro. Ela explicou que é importante descartarmos qualquer infecção urinária e alteração no sangue, como anemia (todos esses problemas são comuns na gestação).
Próximo ultrassom: Farei o próximo ultrassom no dia 8/7. A médica sugeriu que eu fizesse o rastreamento cromossômico, além da US morfológica. O convênio médico cobre apenas o morfológico mas, apesar de eu não ter indicativos para esse complemento, a GO sugere que as pacientes que têm condições, façam o rastreamento também. O exame pretende investigar alterações de desenvolvimento e síndromes genéticas.
Dentista: Como pretendo marcar uma revisão na dentista, aproveitei para ver com a médica se tem algum tipo de restrição. Ela me orientou a fazer a revisão normalmente, podendo fazer limpeza mas, ainda não obturação. Caso seja necessário, ela sugere que se faça a partir do 2º trimestre em função da anestesia.
Prisão de ventre: Seguir acompanhando e fazendo uma alimentação saudável (ops... nesse ponto eu ando pecando...). Caso necessário, ela poderá prescrever medicamentos mais naturais para auxiliar. A Drª salientou que, assim como a digestão, todo o organismo da mulher grávida fica mais lento e é comum surgirem problemas desse tipo.
Peso: Ainda não tive aumento de peso. Comentei com ela sobre a minha atual aversão à muitos alimentos. Nos resultados do exame de sangue veremos se é necessário algum tipo de complemento vitamínico. Os enjôos estão bem mais brandos, mas seguem constantes, o que tem refletido no meu apetite...
 
Mais para o final da consulta, porém, quando falamos sobre hospital, tipo de parto, revemos a data, confesso que fiquei muito decepcionada. Senti que a médica tem preferência por cesárea. O que, de forma alguma, combina com os meus planos. Disse que eu tenho estrutura pequena, que um parto normal provavelmente seria sofrido, que a obstetrícia tem evoluído muito na cesareana... E, para completar, falou que estará viajando no final do ano, quando eu entro na 36ª semana e, portanto, no período próximo ao parto. Ela ainda falou que no período de festas os colegas que ela costuma indicar para subtituí-la também não estarão disponíveis, mas que eu posso procurar a emergência do hospital Moinhos de Vento (onde seria feito o parto)... MEU DEUS!!!
Saí em choque do consultório! Estou pensando em marcar com uma nova médica. O que vocês acham?
Beijinhos "ansiosos"!
Mila

3 comentários:

  1. Camila!!!! Não tenho te visto lá no colégio, então voud eixar por aqui mesmo....acho mega importante tu confiar no médico q te acompanha, mas tu tem que contar SEMPRE com ela! Se ela não pode estar perto de ti em um momento tão importante, onde dúvidas surgem, um pouquinho de medo tbm...só tu pode tomar a decisão de procurar um novo médico ou médica;
    Como mamãe que sou, tive um parto cesárea, pq minha estrutura não permitiu, o João Gabriel nascceu grandinho e pesado; mas acho q o parto natural nunca deve ser descartado!É unanimidade entre médicos q parto natural é muito melhor, mesmo que justifiquem a cesárea! Fiquei mais de 8hrs em trabalho de parto, e não me arrependo!
    Claro que cada mulher é única e somente tu poderá tomar essa decisão!!!!
    Se precisar de um médico MARAVILHOSO, me avisa!
    Beijos e boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mila,
    1. Não concordo com vc em relação ao parto normal, concordo plenamente com a médica, mas se vc prefere assim acho que deve sim manter sua vontade desde que não seja perigoso pra vc e para o Bebê é claro.
    2. Acho que vc deveria mudar de médica sim, pois é importante o parto ser com quem te acompanhou, acho que vai gerar mais confiança, principalmente em se tratando do parto "normal".
    Gde Abraço. Deus abençoe vc e sua Familia.
    Leo - http://diariodepapai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,
    estou passando aqui pela primeira vez (sou tentante e estou visitando TODOS os blogs que consigo, rsrsrs) e resolvi dar a minha opinião: precisamos estar seguras durante a gestação e, principalmente, durante o parto. Se a sua médica, provavelmente, não estará presente é melhor procurar logo um outro que possa acompanhá-la e realizar o parto. Segurança acima de tudo! um cheiro
    Ana Valéria

    ResponderExcluir