terça-feira, 6 de outubro de 2015

Análise do bebê e descoberta de trissomia


Olá, meninas.
Hoje vou falar sobre o resultado da análise do material que foi coletado na minha curetagem. O resultado foi que o meu material não apresentou alterações (isso é bom), mas o bebê apresentou uma trissomia no cromossoma 22.
Para entender o que isto significa, vale lembrar que todos os seres humanos não portadores de síndromes genéticas têm 23 pares de cromossomos, totalizando 46 cromossomos. Pois o meu bebê tinha 47 cromossomos, pois no cromossomos número 22, ao invés de uma dupla, havia um trio. À isso dá-se o nome de trissomia.
Algumas trissomias, como a síndrome de Down, podem ser compatíveis com a vida. Mas a do 22, quando completa (existe uma tal síndrome do olho do gato que seria uma trissomia incompleta do 22), é incompatível com a vida...
Que triste ver essa notícia... Mesmo sendo um alívio e explicando o que aconteceu, dá uma tristeza reviver tudo...
Também descobrimos que o nosso bebê era um menininho... Como eu senti desde o início...
Espero, com o meu relato, ajudar outras mulheres que estão passando por essa triste experiência. Por mais que a curetagem seja um procedimento cirúrgico, pelo menos ajudou a entendermos o que houve.
A indicação do médico geneticista foi a de realizarmos uma investigação genética para entendermos a chance de um novo episódio.
Já tive essa consulta e em outro post conto como foi.
Bjs!
Mila.

Um comentário:

  1. Olá Mila, faz pouco tempo que criei um blog para tentantes: detalhesmaissimples.blogspot.com.br
    Nele relato minha luta para ter o meu tão sonhado bebezinho.
    Será um prazer poder ajudar outras tentantes e trocarmos experiências.
    Se quiserem, podem entrar em contato comigo por email: detalhesmaissimples@hotmail.com
    Serão todas super bem vindas!
    Aguardo a visitinha de vocês.

    Beijos!

    ResponderExcluir